A oração

A oração é o único canal de comunicação entre o homem e DEUS.Através dela, mantemos comunhão com o nosso Senhor Jesus Cristo.Quando fazemos uma oração sincera e honesta, estamos abrindo o nosso coração diante do Senhor; esta é a oração em espírito e em verdade da qual a Bíblia fala.Ao orarmos assim, percebemos as nossas maiores necessidades e o quanto somos dependentes de DEUS, além de desenvolvermos forças espirituais que nos garantem vitória nas tentações.Como a oração é uma expressão da alma humana em relação ao seu Criador, não é necessário que seja erudita ou sofisticada, com lindas palavras, pois Deus sabe exatamente quem somos e o que desejamos.Deve ser simples e objetiva, imbuída do máximo de humildade.
A oração só será eficaz, ou seja, receberá resposta, se, ao falarmos com Deus, tivermos absoluta certeza de que Ele está com os Seus ouvidos atentos aos nossos clamores.Se isso não acontecer na hora em que estamos orando, nossas palavras serão vãs.Por isso, o ambiente no qual orarmos deve ser propício, a fim de podermos nos concentrar naquilo que estamos fazendo, com todo o fervor do coração.
Quando o Senhor jesus ensinou aos Seus discípulos a oração do Pai-Nosso, não era Sua intenção que a usássemos literalmente todas as vezes que desejássemos falar com DEUS.Ele apenas quis deixar um modelo de como devemos nos comunicar com nosso Pai Celestial.


CARACTERÍSTICAS DE UMA ORAÇÃO-são muitos aspectos de uma oração, mas vamos simplificá-los e dividi-los em três partes:
1-Adoração.
2-Pedido.
3-Agradecimento.
1.1-A adoração é essencial, para que se possa entrar na presença de Deus em oração.Ela enriquece a nossa humildade, além de mostrar a sinceridade da alma, dignificando, honrando e magnificando ainda mais o Senhor e Deus.
Ao entrarmos na presença do Senhor com adoração, estamos reconhecendo a Sua santidade.
Eis alguns exemplos de oração que alcançaram os objetivos:
  • A oração de Ezequias (2 Reis 19.14-19).
  • A oração de Elias (1Reis 18.36).
  • A oração de Davi (Salmos 8).
  • A oração do Senhor Jesus (Mateus 6.9-13).
  • A oração da Igreja primitiva (Atos 4.24-31).
  • A oração do leproso (Mateus 8.2)
  • A oração da mulher cananeia (Mateus 15.22).
  • A oração de Jairo (Marcos 5.22,23).
Em todas essas orações, verificamos que a adoração foi a primeira coisa que se fez.
Neste mundo vil, onde não existe uma só pessoa perfeita, há honrarias por parte daqueles que se consideram inferiores para os seus superiores.Por exemplo: os juízes são honrados com um "meritíssimo"; os presidentes, senadores, deputados, governadores, prefeitos, etc. são tratados com um "excelência".Com muito maior razão, devemos entrar na presença de Deus com todas as honras, glórias e louvores que pudermos dar, pois Ele e somente Ele é digno de toda a nossa adoração!
Nossa adoração também provoca milagres extraordinários em nossas vidas.Foi  o que aconteceu com os apóstolos Paulo e Silas, quando estiveram presos e agrilhoados.Eles começaram a orar e cantar louvores a Deus, enquanto os companheiros de prisão escutavam.De repente, por volta da meia-noite, sobreveio um terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão.Abriram-se todas as portas e as cadeias de todos que ali se encontravam (Atos 16.24-26).
A verdade é que os louvores ministrados a Deus são o Seu alimento.Assim como o perfume das flores atrai as abelhas, nosso louvor e adoração, tal qual incenso, atrai a presença de Deus até nós.Por isso, antes de fazermos qualquer pedido ao Senhor, devemos atraí-lo com os nossos louvores.
2.1-O Senhor Jesus, antes de nos ensinar a oração do Pai-nosso, afirmou:"...porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidades, antes que lho peçais."(Mateus 6.8).
Realmente, todos os nossos pedidos são conhecidos por Deus antes mesmo que nós os externemos, mas é necessário que peçamos, porque enquanto fazemos nossos pedidos estamos também despertando a nossa fé, na busca de um contato maior com Deus.Ao recebermos as respostas às nossas orações, o Senhor recebe ainda mais glórias de nossa parte.Daí, quanto mais pedirmos, mais receberemos e mais glorificaremos o Senhor Jesus disse:
"E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho."(João 14.13) Nossos pedidos vêm glorificar o nosso Pai, através do nosso Salvador, Jesus.
O que pedir e o que não pedir-nossos pedidos diante de Deus não têm valor algum se não tiverem um objetivo.
Temos de considerar se glorificarão a Deus através de nós, em Jesus, ou se servirão apenas para nos afastar ainda mais d'Ele, isto é, com os prazeres da  carne.
Tiago nos admoesta a respeito disso, dizendo:
"De onde procedem guerras e contendas que há entre vós?De onde, senão dos prazeres que militam na vossa carne? Cobiçais e nada tendes; matais, e invejais, e nada podeis obter; viveis a lutar e a fazer guerras.Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres.
Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." Tiago 4.1-4
Quantas vezes insistimos com Deus a respeito de alguma coisa, achando que é boa para nós e, quando recebemos, ficamos arrependidos?
Todos pedidos que fizermos a Deus precisam estar de acordo com as Escrituras Sagradas, e sempre "segundo a vontade de Deus".Por exemplo, a cura de uma enfermidade é a vontade de Deus.Está determinado na Bíblia, e o próprio Jesus ministrou-a para tantos quantos chegaram até Ele.A vida financeira abençoada é uma promessa de Deus e do Senhor Jesus (Malaquias 3.10.10).A paz celestial também é da inteira vontade de Deus; Ele quer que nós a gozemos.
Resumindo, podemos falar com Deus e pedir tudo o que se encontra dentro destes parâmetros:
  • Bênção física-cura divina.
  • Bênção financeira-suprimento amplo para as nossas necessidades materiais.
  • Bênção espiritual-salvação eterna em Cristo Jesus. 
Muitos são aqueles que vivem a pedir uma bênção.Ficam, no entanto, esperando por isso a vida toda e não a alcançam.
Por quê? Existem milhares de bênçãos prometidas na Bíblia e, se não explicitarmos o que realmente desejamos, o Senhor ficará sem poder nos atender.Se queremos um salário melhor, temos de dizer para DEUS: "Senhor, eu quero um salário de X por mês."
Se nossa vontade é que o Senhor nos dê um carro novo, devemos estabelecer sua marca e modelo.Precisamos saber pedir, a fim de podermos saber receber!
3.1-Essa parte tão importante da oração dispensa qualquer comentário, haja vista que um sentimento de "graças a Deus" nunca será dispensado por aqueles que experimentam as Suas bênçãos.Quando agradecemos ao Senhor antecipadamente por um pedido, estamos provando a Ele nossa fé.
Nada do que foi explanado teria valor se não usássemos a chave para sermos atendidos: o nome do Senhor Jesus Cristo.Disse Jesus: "E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei..."(João 14.13).E Deus-Pai nos atende por causa do nome do Seu Filho Jesus.Este nome é o segredo do milagre nosso de cada dia!
Nos Passos de JESUS
Bispo Macedo